Designers

Classic Designer: Harry Bertoia

20 set , 2013  

Nascido na Itália, Harry Bertoia foi um artista que ficou conhecido por estudar profundamente a maleabilidade do metal trabalhando nele e formando telas e tramas e garantindo a ergonomia. Através de seus estudos, já nos Estados Unidos, iniciou a fabricação de um alinha de cadeiras fabricadas inicialmente (anos de 1950) pela Knoll Internacional ( empresa mundialmente famosa dos arquitetos Hans e Florence Knoll).

 

Foi Florence quem levou uma cesta plástica de secar pratos ao ateliê de Bertoia, para que ele se inspirasse, e assim o designer criou uma das linhas mais famosas de mobiliário que pela sua funcionalidade, simplicidade e ergonomia que é uma das mais vendidas e procuradas no mercado atualmente. A cadeira Bertoia se adapta facilmente a todos os ambientes, desde o retrô cheio de detalhes antigos até ao super clean-high-tech.

 

Harry Bertoia nasceu em 1915 em Udine – Itália, mas emigrou com seus familiares para os Estados Unidos em 1930. Harry Bertoia formou-se na Cass Technical Hight School de Detroid em 1936, e de 1937 à 1939 foi bolsista na Cranbrook Academy of Arts, onde lecionou até 1943.
Em Cranbrook, Bertoia rápidamente fez amigos, sendos seus amigos Eero Saarinen e Charles Eames, com quem trabalhou nos anos seguintes.

 

Bertoia casou-se com Brigitta Valentines e juntou-se aos Eames em seu ateliê a partir do ano de 1943. Juntamente com Eero Saarinen, criaram um metódo de fabricar madeira prensada que, mais tarde, iria influenciar definitivamente os processos de fabricação de mobiliário e o seu próprio design.

Na década de 50, construiu mais uma forte relação com outra colega de Cranbrook, Florence Knoll, que tinha um ateliê na Pensilvânia e lhe ofereceu um ambiente de trabalho, totalmente motivador.

 

Neste ateliê, Bertoia desenhou a linhda de cadeiras em fio metálico para a Knoll International, que fizeram um grande sucesso, que lhe permitiu que que se dedicasse à sua carreira de escultor – sua grande paixão. Foram projetadas em uma estrutura de aço curvado e soldado, cromado ou recoberto de vinil. A idéia e fazer o acabamento em cromo veio quando a GM necessitou de cadeiras para seus showrooms, a Knoll enviou as cadeiras a GM que as mergulhou em um banho de cromo para amortecedores de carro, a fim de acentuar a idéia do mundo do automóvel.

Em sua concepção, o designer preocupou-se essencialmente com o espaço, com forma e com o que o metal teria a oferecer. Classificava-as como feitas de ar, a exemplo de esculturas permeadas, cortadas e atravessadas pelo espaço, Bertoia conseguiu tirar a massa da forma, o peso da matéria e o impacro chapado do plano.

 

Bertoia percorreu os mais diversificados caminhos da área do design, mas foi na de escultor que se baseou toda sua história. Bertoia faleceu em 1978, nos Estados Unidos.

 

 

Cadeiras que marcaram a história do design.

 

As cadeiras mais famosas desenhadas por Harry Bertoia são:

• Poltrona Diamante (Diamond Chair)

• Cadeira Bertoia (Bertoia Chair)

 

As cadeiras desenhadas por Harry Bertoia, são totalmente aeradas, pois são feitas apenas de fios de aço traçados, fazendo com que as cadeiras se tornem não somente uma peça mobiliária, e também, uma escultura.

 

Poltrona Diamante:

 

 

Cadeira Bertoia.

 

Nós da Soline estamos realizando um concurso cultural exclusivo. Clique na Imagem e saiba mais!

 

By


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *