Curiosidades

Você sabia? Curiosidades sobre o Casal Eames.

26 set , 2014  

O casal de ouro do design, os Eames são conhecidos como um dos grandes nomes da arquitetura e do design mobiliário de todos os tempos. E algumas de suas criações ultrapassam os tempos e gerações, sem perder a essência e o valor de seus detalhes mais simples.

 

Mas existem algumas coisas sobre suas criações que muitos desconhecem, selecionamos as melhores curiosidades, e lhes contamos agora!

 

A principal inspiração para a Poltrona Eames, foi uma luva de basebol. A poltrona é um item permanente no Museum of Modern Art of New York e no Art Institute of Chicago, a Poltrona Eames é um objeto de desejo para muitos. Seu requinte e sofisticação datam de 1956, quando foi desenvolvida por Charles e Ray Eames para a empresa de móveis Herman Miller. 

 

A ideia inicial era fazer um presente para um grande amigo, Billy Wilder, diretor de “Some Like It Hot”, “Blvd Sunset” e vencedor de seis prêmios do Oscar, sendo dois como diretor. Quando iniciaram a produção da poltrona Charles Eames, procurou-se manter o máximo possível de mão de obra artesanal na produção em massa, visando preservar aspectos importantes da fabricação.

 

Na época em que foi projetada, não havia nenhum design semelhante ao da poltrona Charles Eames. Nada unia de forma tão perfeita o clássico e a vanguarda. O móvel é tão reconhecido que está entre os mais significantes designs do século XX. 



Sem dúvidas, é um móvel de extremo bom gosto e que está retratado em diversos documentários e livros. Hoje, com a diversidade de madeiras e couros empregadas na fabricação das poltronas Charles Eames, é praticamente impossível não atender as exigências de quem quer que seja. 



O processo de produção desse clássico do design continua artesanal e cuidadosamente tratado em cada detalhe. Uma poltrona Charles Eames não se trata apenas de um móvel, mas de um artigo de exclusividade que qualquer um deseja possuir.

 

 

A cadeira foi projetada usando a tecnologia para moldagem de madeira compensada que os Eames desenvolveram antes e durante a Segunda Guerra Mundial. Antes de envolvimento americano na guerra, Charles Eames e seu amigo, o arquiteto Eero Saarinen, entrou um concurso de móveis para o Museum of Modern Art‘s a “Organic Design in Home Furnishings Competition”, em 1940, um concurso afim de explorar a evolução natural do mobiliário em resposta à rápida mudança mundo. Eames e Saarinen ganharam a competição. No entanto, a produção das cadeiras foi adiada devido a dificuldades de produção, e em seguida, por entrada dos Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial. Saarinen deixou o projeto devido à frustração com a produção.

A cadeira continua sendo um ícone do design moderno até os dias atuais. Ela é vendida em varejo em todo o mundo, e os preços de novas unidades continuam a subir. Em sua edição do milênio 1999, a revista Time elogiou a LCW como o maior projeto do século 20. E resaltando o seu conforto, bem como um símbolo de status. Modelos de produção originais são altamente valorizados pelos colecionadores.

 

 

A Eames House foi construída em meados de 1949, na região de Pacific Palisades, na Califórnia (EUA), e é um reflexo nítido das características do grande “Casal de Ouro”.

A construção da Eames House (que foi projetada durante um concurso do programa Case Study House), virou referência durante as décadas de 1950 e 1960 e tornou-se preferência de fotográfos de moda para a realização de editoriais.

O local serviu como residência e estúdio para os Eames durante toda as suas vidas, e hoje exibe em seu interior objetos e peças adquiridas por Charles e Ray durante suas viagens pelo mundo ao longo dos anos.

A residência é aberta a visitação e mais detalhes podem ser obtidos no site da Eames Foundation, mas para quem não está está de viagem marcada um vídeo gravado em 1955, pelo próprio casal, mostra detalhes da propriedade. Confira!

By


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *