Curiosidades, Decoração, Dicas

Ambientes de trabalho criativos

21 jan , 2016  

Ambientes de trabalho nem sempre precisam ser aquelas salas monocromáticas, padrões e sem vida que estamos acostumados a ver ou imaginar.

Um ambiente de trabalho criativo é a melhor opção para fazer com que seus funcionários fiquem a vontade, se sintam relaxados e inspirados para fazer seus trabalhos da melhor forma possível, sem precisar ser aquela rotina maçante num ambiente cinza.

Existem diversas empresas que já aderiram para si ambientes de trabalho inovadores e criativos, o que aumentou disposição e criatividade de seus funcionários, fazendo com que eles trabalhassem mais felizes e satisfeitos.

Confira agora alguns itens que podem ajudar na inovação do ambiente de trabalho, deixando seus funcionários mais confortáveis em um ambiente em que ele passa a maior parte de seu dia.

 

Flexibilidade e autonomia

 

Horário de trabalho flexível mais a possibilidade de trabalhar de outros locais ou de intercalar trabalho e lazer são formas simples, que só dependem da boa vontade do gestor e do comprometimento de cada um para darem certo.

 

Além de manter a equipe mais distante do estresse e deixar as pessoas mais satisfeitas com o local de trabalho (e até com a profissão), a flexibilidade de horário é ótima para aqueles dias em que você sabe que não vai render nada de manhã, mas tem certeza que estará bem mais produtivo à noite, por exemplo. Quando há uma qualidade bacana no trabalho e os prazos correspondem à programação, não existe razão para manter os funcionários em baias como se fossem pequenas redomas.

 

Concentração e produtividade

 

Cada pessoa tem o seu jeito de trabalhar e utiliza métodos próprios para se manter concentrado. Enquanto um escuta música para escrever código, o outro prefere dividir bem os momentos de trabalho e a hora de lazer. Enquanto isso tem outra pessoa materializando o pensamento em post-its grudados na parede.

 

Essa individualidade dever ser respeitada, até porque a bagunça organizada faz bem para as mentes criativas. E a tão desejada inovação não vai sair de dentro de uma caixa, vai?

 

Os limites e as liberdades são definidos conforme o ramo do negócio e o perfil da empresa. Uma chopeira pode não combinar com um escritório de advocacia, mas uma espreguiçadeira cumpre muito bem a função de servir como um espaço de descanso e relaxamento.

 

Pausas liberadas e incentivadas

 

Uma pessoa consegue se manter concentrada, em média, durante 45 minutos contínuos. Tem gente que consegue menos que isso e tem pessoas que, se deixar, passam o dia inteiro olhando para a tela do computador sem nem se lembrarem que é preciso piscar de vez em quando.

 

Pausas são necessárias para oxigenar o cérebro, processar as ideias e abrir espaço para novos insights. Por isso, incentivá-las e manter um espaço próprio para isso é ótimo para o time.

 

Para quem não tem o orçamento da Google, como a gente, uma mesa de ping pong, um local separado da mesa de trabalho, com pufes, TV e vídeo game — ou até mesmo uma mesa redonda para jogar baralho — servem como ambientes de distração, além de incentivar a interação entre o time e ajudar com o temido bloqueio criativo.

 

Pode ser uma parede cheia de personalidade, um quadro de vidro livre para anotações e desenhos, ou uma sala de descanso com várias almofadas jogadas no chão. Quem disse que criatividade tem limite não sabe do que está falando.

 

 

Veja alguns ambientes que aderiram a dinâmica de ambientes criativos, e quem sabe leve essa ideia para seu ambiente de trabalho:

 

 

 Parede de escritório coberta por post-its coloridos, formando o desenho do mestre Yoda, do Star Wars.

 

 

 

 

 

 

 Ambiente de trabalho da Google.

 

 

 

 

 

 

 Ambiente de trabalho com área de lazer próximo aos funcionários.

 

 

 

 

 

 

 Ambiente de trabalho com paredes enfeitadas com post-its desenhando os heróis da Marvel em pixel art.

 

 

 

 

 

 

By


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *